quinta-feira, agosto 09, 2012

Paradoxo

Os jogos olímpicos proporcionaram-me com o exemplo perfeito de um paradoxo. Mais concretamente os jogos Paraolímpicos.
Em 2000, a Espanha participou nas Paraolimpiadas na disciplina de basquetebol para atletas com deficiências cognitivas com uma equipa em que apenas 2 jogadores sofriam efectivamente de um atraso a nível mental. Todas outros eram "normais". Ora atletas que fazem uma coisa destas só podem ser atrasados mentais... 

Pescadinha de rabo na boca.


1 comentário:

Lisa disse...

Como é que produz aquele som da bateria??? trum tch???

pois é isso