segunda-feira, agosto 29, 2005

Operacao Minimização do Ego Maximizado

"Da-me a tua mão e vamos ser alguem,
A vida é feita para nós!

[aaaaaaaaaaa]

Sente o nervo da manhã
Vê como vibra para ti
Vai ditar o rumo da razão
Vê como olham para trás
Vê como aguardam tua vez
Do prisma inverso da ascenção
Ascender
E acordei na minha cruz
A mesma carne
A mesma luz
Um nada após a mortificação
E o melhor é que aprendi a
A minha luta por aqui
Voltámos a pisar o chão

Dá-me a tua mão
E vamos ser alguém
A vida é feita para nós
Acordar é bom
Mais fácil é dormir
Mas nem dormindo estamos sós

Eu fui tão mau para mim
Eu fui tão pouco para nós
Bem que o meu pai quase me avisou
Eu nasci sem entender
A forma certa de viver
Até que a vida me ensinou
Aprender
O que eu quis mostrar ao mundo
Era tão forte e tão profundo
Eu quase me afoguei na emoção
Visitou-me um velho amigo
Outrora solto em meu umbigo
Eu dei-lhe abrigo na prisão
Só que eu já não sei
Mudou a força da razão
E não fui eu que a mudei
A vida tem um peso para nós
E pesa quando estamos sós

Dá-me a tua mão
E vamos ser alguém
A vida é feita para nós
Acordar é bom
Mais fácil é dormir
Mas nem dormindo estamos sós

O.M.E.M.
Oh mãe!

Foi tão bom para ti
Como foi para mim"

Ornatos Violeta - (O monstro precisa de amigos - 1999)

1 comentário:

100 Sentidos disse...

Bem...
Saudades desta música!