sábado, novembro 03, 2007

No passado

Eu não devia ter chorado tanto;
não devia ter seguido tantas vezes as regras, nem quebrado algumas que quebrei;
não devia ter brincado com aquele saco de bolos;
não devia ter feito aquele convite despropositado;
não devia deixado aquela agressão acontecer;
não devia ter fugido com aquela bengala;
não devia ter seguido aquele conselho;
não devia ter escolhido aquele código;
não devia ter rejeitado aquela oferta;
não devia ter-me ficado sem lhe espetar um murro bem assente;
não devia ter dito o que disse da maneira que disse;
não devia ter estacionado daquela maneira;
não devia ter dito que não;

são coisas que eu não deveria ter deixado acontecer, e deixei, e arrependo-me de todas e cada uma delas. Há mais, mas cada arrependimento a seu tempo.

3 comentários:

100 Sentidos disse...

Na maior parte da vezes podias ter voltado atrás...

cmfm disse...

Tendo em conta que são situações minhas e que não estão aqui descritas intensivamente, parece-me no mínimo precipitado fazer esse tipo de afirmação.

Mas cada um faz os seus comentários...

100 Sentidos disse...

Tanta agressividade parece-me desnecessária.
Mas se não me fiz entender à primeira, não é à segunda que vou voltar a criar mal-entendidos e atritos.