quinta-feira, novembro 27, 2008

Por estes dias numa tv perto de mim

Há uns anos atrás fartei-me de jogar um jogo inovador no mundo dos videojogos e que introduzia uma característica nova chamada bullet-time que viria a ser utilizada extensamente em futuros jogos, cinema e tv. O nome do jogo que introduziu tal inovação foi o Max Payne. Mas porque é que estou a falar nisso agora? Porque vi o filme que foi lançado recentemente. O contrário do jogo não é um clássico, e não chega sequer a ser bom. A história está lá, os actores também, os efeitos especiais até são bons, mas neste filme em particular parece-me que é a realização a falhar. Planos previsíveis, mal escolhidos, cenas despropositadas e pouco convincentes, momentos que de tão pouco conseguidos são irritantes. Momentos há em que o realizador parece querer fazer um 300 ou um Sin City mas acaba por não conseguir nenhum dos dois efeitos.

Mas é pena, porque a história merecia bem melhor.

No lado oposto da moeda cinéfila do dia está Step Brothers, uma comédia desgarrada, mais uma no portfolio de Jude Apatow. Pode ser hilariante ou deixar alguém a olhar para o ecrã a pensar que aquilo não tem piadinha nenhuma. Eu gostei, façam o favor de dar uma espreitadela.


No reverso da medalha está o facto do site oficial dos filmes aqui descritos ser inversamente proporcional à qualidade de cada um deles.

2 comentários:

Filha do Vento disse...

Adoro ler os teus comments sobre filmes! Ainda não vi esses mas assim já fico com uma ideia!

cmfm disse...

Não são de longe tão bons como os teus comentários sobre sitios e viagens, mas muito obrigado.

:)