segunda-feira, abril 27, 2009

Falta de educação


Li no Metro de ontem (segunda-feira) uma notícia que mais me parecia uma anedota.

Ora a notícia em questão é a de que o presidente do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos, que pelos vistos se chama Sobrinho Teixeira, disse que temia que a obrigatoriedade de provas de matemática para entrar em cursos de engenharia afaste os alunos para outros cursos.
Pois do meu ponto de vista é bom que se os alunos não se dão bem com a matemática sejam afastados dessa forma de um curso de engenharia, senão seria como pormos bisturis nas mãos de quem não pode com sangue. É por pensamentos como os deste senhor que ainda funcionam cursos neste país que deviam estar extintos faz muito muito tempo, que há uma quantidade de faculdades e politécnicos que aceitam médias negativas e que o ensino vai de mal a pior.


Entretanto o PM diz que a escolaridade obrigatória vai passar para o 12º ano, o que me pareceria muito bem não fosse o medo de que, tal como agora até ao 9º, se comece a passar quase obrigatoriamente todo e qualquer aluno que tenha uma ideia de que 2+2 são menos do que 245765432345 e que escrever "xkolaridd" está quase certo.


1 comentário:

Miguel disse...

Estou contigo amigo!

aBrAXu!