domingo, dezembro 06, 2009

Vindo do cinema

Porque há já algum tempo que não digo nada sobre os filmes que ultimamente tenho visto vou fazer um pequeno resumo para que vocês, que eu sei que não têm visto nada de jeito, possam não ter que ir ao imdb que dá muito trabalho...



Irmãos Bloom

Um filme do realizador de Brick, um filme de há uns anos de que gostei particularmente. Uma história nos dias de hoje com um feeling de filme de época. Um enredo estranho com personagens caricatas em situações peculiares. Uma pedrada no charco no que de mais típico os filmes têm mas com um humor e uma leveza enormes.
A não perder.




500 days of summer

Outro filme a não perder. Uma banda sonora muito boa a acompanhar uma narrativa que não é linear e que mais uma vez acaba de uma forma que talvez não seja a mais esperada.
A história roda em volta de um rapaz que se apaixona... parece cliché não é? Pois... não digo mais para não revelar nada ou desencorajar, dependendo do ponto de vista.




Assassination of an high school president

Um filme com título de película de teen horror. Nada disso. Um filme teen sim senhor, mas sobre uma história embrulhada que vai do simples ao thriller vintage. Não é genial e passa-se bem sem o ver, mas também não é um filme a evitar quando derem com ele. Uma boa surpresa para um filme alternativo.




Jennifers body

A Megan Fox é boa? É.
Pronto... é quase só isto. Um conto de horror surreal e com pontadas cómicas da argumentista de Juno.




Surrogates

Muuuuuuuuuito fraquinho. O potencial do enredo parece-me enorme, o que faz com que a história sem brilho deste filme seja ainda mais patética. É mau. Podia ser bom, e visualmente é bom, mas como filme não passa do medíocre.




Food inc

Uma visão crítica sobre a industria da comida norte-americana. O dinheiro envolvido na produção da comida mais plástica que se pode imaginar, às custas dos animais, da alteração das plantas e do trabalho de inúmeros agricultores. Houve momentos em que fiquei chocado...




Year one

Uma comédia com Jack Black e Michael Cera, dois actores que fazem o tipo de comédia e que gosto e do realizador de Ghostbusters... Win win.
Dificilmente será uma comédia consensual devido à quantidade absurda de situações absurdas que tem, mas para mim é isso que me faz gostar deste filme.
Não ver se o sentido de comédia não for alargado.




World greatest dad

Um adolescente arrogante e completamente estúpido, um liceu de gente normal e um pai que não sabe lidar com a besta que é o filho.
O filme vai do absurdo ao comovente, do profundo ao superficial, do cómico ao dramático, tudo de uma cena para a outra.
Este não é um feel good movie... longe disso. É cru e cruel até.




Por último... acabei de vir do cinema. Fui ver o New moon, o filme mais recente da saga Twilight.
O gostei bem mais do primeiro filme, sem dúvida alguma. Eu não um daqueles fãs hardcore dos livros, nem dos filmes, li os livros todos e até achei que era mal escritos, mas história é boa. O primeiro filme conseguiu fazer-me interessar na história, mas este, apesar de uma realização mais profissional, consegue não passar do rasca.
Efeitos especiais a mais e desnecessários, pouca relevância à história do livro levando a que a narrativa seja trocada e até alterada.
Para quem leu os livros e gostou vê-se, mas é fraco.

E a Dakota Fanning.... txiiii tá crescida.

2 comentários:

Filha do Vento disse...

adorei os irmãos blooom também!! Adoro o Brody e a Rachel... fantásticos actores.

Por acaso ate gostei mais do New Moon que sou 1º filme (nao lembro o nome)... apesar de nem ter lido os livros, gostei mais deste, achei-o mais crescido... e devo ter voltado à adolescência... pois acho que me juntei psicologicamente à "Team Jacob" ehehe... "GRRR" Se aquele lobito é "kind of beautiful"? É pois! lol

cmfm disse...

Eu prefiro mesmo a Alice... só porque sim.