sexta-feira, fevereiro 12, 2010

Trabalho


Há dias filhos da puta...


Acordar cedo, 7 da manhã, e ás 8 já estar a levar com trânsito infernal que hoje infestou Lisboa, A5 parada, IC19 parado, Eixo Norte Sul lento... como se isto não fosse suficiente, já atrasado para além de todas as previsões pneu furado em plena A1, 5 graus de temperatura e chuva, que maravilha. Mudar o pneu tendo em conta que não me podia sujar porque não tinha outra roupa e o trabalho não permitia gajos com aspecto de mecânico.


Uma data de quilometros feitos a passo de caracol porque o pneu de reserva, apesar do seu muito bom estado não tinha a pressão necessária. Pneu já com ar na estação de serviço de Santarém e o carro a ter amocs variados. Zumbidos que nunca tinha ouvido, tremores manhosos e uma qualquer situação eléctrica que faz com que o sinal de mudança de direcção para a direita esteja atrofiado. Poderá acontecer mais qualquer coisa? Sim.. claro.


Um GPS tão pouco actualizado que me manda por estradas que não existem em cidades que eu desconheço. É que Coimbra eu ainda domino e aquilo não me é necessário, mas Leiria e Caldas da Rainha são como que cidades de outro planeta para mim.


Conclusão, 12 horas depois de ter acordado chego a Lisboa mesmo a tempo de chegar atrasado ao trabalho. Isto quando tinha previsto estar em casa o mais tardar às 16h. O dinheiro que fui ganhar vou gasta-lo numa oficina.




E assim se passa o dia de sexta-feira. A noite estou a passa-la no trabalho, só para variar, pelo menos agora tenho internet mais livre e posso escrever no blog em vez de trabalhar realmente.

1 comentário:

Ana disse...

Boa sorte para a próxima!